Bruno @bdelykleon
Bruno @bdelykleon
Bharata
Ne du tout fol, ne du tout sage
Make a gift

You have to login to ask this user a question.

RSS Report answers
Quais são as línguas mais fáceis de aprender?  .
As mais próximas da sua língua materna ou de uma língua que você conhece bem.
Bruno, o que levou a aprender sânscrito?  Tomaž Hostnik
Eu fiz uma optativa de filologia indo-europeia e me interessei muito sobre o assunto (tanto que minha tese versa, em parte sobre isso). Para estudar indo-europeu é obrigação absoluta saber sânscrito, e então, quando tive a oportunidade de estudar a língua, em 2006, comecei. Porém, meu estudo foi meio inconstante, e só em 2011 eu voltei a estudar seriamente, com um professor que é aluno da usp.
1 person likes this
gdzie nauczyłeś się czeskiego? rozumiesz mi? bo wiem, że czeski to bardzo podobne do polskiego.  paulo
Nossa, eu estudei checo faz mais ou menos uns 10 anos, não tenho mais coragem para tentar escrever qualquer coisa nessa língua. De qualquer forma, com você mesmo disse, checo e polonês são tão parecidos (mais na fala do que na escrita, já que o polonês tem um sistema gráfico muito feio) que dá para entender alguma coisa.
Mas na minha universidade ofereceram um curso de tcheco e eu tomei gosto pela língua. Hoje em dia, minha fluência na língua é quase zero, infelizmente.
Olá Bruno, tenho uma outra pergunta, por que Deus permite o sofrimento dos animais? Eu até posso entender a questão de Deus permitir o homem sofrer por ter um propósito maior para ele, mas e a questão dos animais? Eles não tem um maior propósito, e parecem entrar como vítimas na questão Deus e Homem  Steve Smith
Há padres da Igreja que afirmam que o sofrimento animal também surge com a queda de Adão (esse dado seria irreconciliável com qualquer tipo de história natural, mas falamos de um plano superior de existência), dessa forma fenômenos como o sofrimento animal (e desastres naturais) também seriam frutos da queda.
No entanto, como a alma animal é apenas apetititva e vegetativa, ela não é capaz de obter a salvação da mesma maneira da salvação humana (individual). A salvação individual humana depende da sua potencialidade de conhecer e aceitar Deus e assim se tornar um partícipe de Sua divindade. Um animal, dada a outra constituição de sua alma, não tem essa via aberta. No entanto, como toda a criação vai ser restaurada ao estado edênico depois da Segunda Vinda de Cristo, até os animais vão obter uma forma de "salvação", que, no entanto, não passa pela deificação.
7 people like this
http://ask.fm/bdelykleon/answer/109286739810 Bruno, você poderia explicar como você concilia a visão religiosa com a científica?  Judeu Sionista
E por que eu preciso?
O que acha da sociedade secreta a Skull and Bones, da qual Irving Fisher pimpolho dos liberais fazia parte, lá na Universidade de Yale?  Eduardo Grind Corer
Sociedades secretas são comuns em ambientes universitários, fazia parte da dinâmica de uma época em que a educação superior era muito mais exclusiva e os alunos das grandes escolas tinham entre si um elo de mutuabilidade muito forte. No Brasil houve uma sociedade assim, que era a Bucha paulista, centrada na escola de Direito do Largo de São Francisco. A Bucha (corruptela de Burschenschaft) formou quase todos os quadros políticos do final do império e principalmente da República Velha.
No entanto, uma sociedade que existe para a promoção e ajuda mútua não é algo que seja benéfico para a sociedade como um todo e se há meios de combater essa formação, isso seria bom. Ao que me consta uma possibilidade é a ampliação do acesso ao ensino superior a mais de uma classe, diminuindo o efeito de casta que isso tem.
A Skull and bones é muito famosa, a Bucha bem menos. Mas creio que há algo semelhante, sem que haja uma sociedade secreta de fato (não sei, vai que existe), na École Nationale des Hautes études da França. Quase todo o primeiro escalão burocrático francesa, seja socialista, seja do UMP, foi formado nele, o que faz com que o sistema francês seja o mais desigual de todo o mundo - existe uma real "casta" política que é completamente inacessível aos homens comuns. (Que isso venha no país da Revolução Francesa é uam ironia deliciosa).
Como comparaçào, muitos professores da Usp e de outras universidades conseguiram acesso a algum tipo de participação política nos governos PSDB e PT sem ter necessariamente de pertencer a uma família importante (ironicamente são justamente as vozes da mídia que têm o costume de atacar algumas dessas figuras, quase sempre com vozes ligadas de alguma forma à "velha elite").
Estou apenas divagando, mas queria concluir é que a existência de grupos fechados ao acesso de elites é o grande impedimento para uma verdadeira democracia.Ao mesmo tempo o surgimento desses grupos é praticamente espontâneo (o Brasil da República Velha e da Nova, a França e os EUA são 4 casos diferentes), então não sei como combater isso de maneira eficaz (visto que proibir grupos secretos é uma atitude contraproducente). a melhor maneira seria diminuir o poder decisório das instâncias mais elevadas e trazê-lo mais para as imediações das pessoas.
3 people like this
O que há no centro do mundo?
O umbigo de metade (ou mais!) da direita internética que surgiu com o orkut?
João Camilo de Oliveira Torres é um boa referência para estudar o Império Brasileiro?  RMALM
Ando tendo muito interesse recentemente pela história do Brasil, sobretudo agora que meu tempo de estudo aumentou por ter praticamente finalizado a tese. Mas ainda não conheço nada do autor.
Apologistas da carne fazem comparação da vida de plantas com animais, e q matar uma planta é como matar um animal,logo estariam em pé de igualdade moral com vegetarianos.Mas e se vegetarianos vestirem e matarem plantas p/entretenimento,ñ seria como aqueles q vestem peles e matam animais p/entreter?  animadruga1
2 people like this
Estudar o que gostas ou estudar para conseguir diploma numa que área supostamente dê grande retorno financeiro?  macleinn
Bom, você precisa comer. É importante lembrar que, embora nobre, a doutrina do "estudo desinteressado" faz parte de uma organização social que ou não existe mais (a escravocrata) ou está em vias de desaparecer (a aristocrática). Não imagino que muitas pessoas que lêem esse ask estejam nessa situação (creio, e é só uma crença, que no passado o grupo de pessoas que poderia sobreviver sem precisar trabalhar era maior, as classes médias aumentaram muito, e as extremas diminuíram nos últimos 200 anos).
Não obstante, ter "grande" retorno financeiro me parece de uma estreiteza de mundo fabulosa, coisa de um mundo sem nenhum outro valor que não a mera aquisição e acumulação de bens. Voltando ao Weber, fruto da Entzauberung que ele identificou como fruto da Reforma (há interpretações paralelas, como a do Gregory, que vê não isso como fruto da Reforma em si, mas das consequÊncias socio-culturais da Reforma e da paz de Westfália). Que boa parte do mundo viva nesses valores mostra que a modernidade traz uma perda civilizacional monstruosa.
2 people like this
Vc não acha que é coisa de mulherzinha protestar pelos direitos dos animais? Como se, só pq temos alternativas disponiveis para nos alimentar, vestir e se entreter, fosse errado explorar animais para o nosso prazer e conveniencia?Não acha comico elas não perceberem que essa luta esteja sendo em vão?  animadruga1
Os animais e as plantas são partes da Criação, e como guardiães dela somos obrigados a sermos bons guardiães dela. Dessa forma provocar qualquer tipo de sofrimento sem nenhuma justificativa, sobretudo por motivo fútil é errado.
4 people like this
Qual parte do corpo morto do animal vc mais gosta/gostava de comer?  animadruga1
Filé Mignon de boi e costeleta de porco.
Numa discussão de internet de cerca 2 anos atrás sujeriu-se que visões místicas poderiam ser explicadas como uma epilepsia do lobo temporal. Um Filósofo entrou em campo e disse que a concomitância entre a visão e a epilepsia nada provava sobre a realidade ou não do objeto místico visualizado.  Vinícius de Oliveira
Achei pertinente. Parece-me um problema como o do ovo e da galinha: a atividade anormal do cérebro gerou a visão (ilusão) ou o contrário. Ademais, a visão de algo extraordinário poderia gerar uma reação extraordinária no cérebro, assim como as reações do cérebro a uma luz muito intensa são diferentes das reações a uma luz pouco intensa. Penso sempre no assunto e sempre acho essa objeção válida. Que acha? Qual seria a sua própria objeção?
___________
Acho que nessa resposta à objeção está incluso um cientificismo meio tolo. As experiências místicas se localizam em um plano existencial superior ao plano físico, dessa forma, não há nenhuma necessidade de se equiparar uma a outra. Uma experiência mística, por se localizar em um plano superior da existência, não necessita de nenhum epifenômeno físico. Ademais, salvo engano, a epilepsia é causada por uma má-formação neuronal de partes do cérebro, suas causas e consequências são puramente físicas, capazes de serem replicadas por drogas ou em laboratório. Assim, atribuir algum tipo de correlação entre certa capacidade mística e uma "doença" me parece muito estranho.
Sobre elas serem identificáveis com outras patologias, isso é estratégia erística de má fé, pois as características do transe místico não são identificáveis com nenhuma forma de doença, quanto mais a epilepsia, que é conhecida desde a Grécia antiga. Aliás, pelo contrário, a vasta maioria dos místicos dos últimos séculos (Sta. Teresinha, Sta. Bernardette, Pio XII, etc) foi analisada por médicos e não me consta que tenha sido identificado tal tipo de anomalia. Isso é um exemplo clássico de pessoas querem jogar fora análises médicas por puro preconceito metafísico. Isso é O exemplo clássico de má ciência.
Passar o link da análise do Weber que o Joe mandou.  Bruno
http://juniormasters.tumblr.com/post/8711072814/o-ateismo-como-decadencia-max-weber-e-o
O livro mais importante que trata disso é a "Ética protestante". Pelo menos do pouco que li do Max Weber é ali que ele define alguns desses temas. Não conheço bem a obra do autor para saber se ele trata disso alhures.
2 people like this
O Fato de cientistas atualmente não terem a mínima formação humanística como vc disse é reflexo daquilo que Max Webber previu em relação a modernidade: "Levaria ao desencantamento do mundo, separação das esferas de valor, e os especialistas sem espírito e hedonistas sem coração" migre.me/lIlyx  Joe Silva
Sim, é exatamente isso. curioso que estava lendo sobre esse conceito do Weber recentemente. Weber é chato de se ler, mas é um autor fundamental. Pena que um certo grupo cultural da internet despreze todo tipo de autor que não seja proclamado pelos gurus da moda. E pena que Weber seja chato pra caramba de se ler, rs.
2 people like this
Quais são, na sua opinião, os maiores expoentes do cristianismo atualmente?  Λεανδρω MΚ
É muita coisa: o papa emérito Bento XVI, Christoph Schönborn, Walter Kasper, Kallistos Ware, Jaroslav Pelikan, etc, etc.
2 people like this
Tem uns ateus dizendo que este é o vídeo mais intenso já feito sobre a religião na TV Aberta, dá uma olhada: https://www.youtube.com/watch?v=zIMKmTooLbE Queria que vc comentasse  Steve Smith
Cara, o negócio é o seguinte, vocÊ só vem me perguntar sobre neo-ateísmo. Eu estou meio cansado disso. Todo o neo-ateísmo é um movimento de uma infantilidade atroz e um baixo nível intelectual atroz. Nunca em toda a história do cristianismo ele teve críticos tão obtusos. Para piorar, ele é dirigido a uma forma de cristianismo (a saber, o pentecostalismo americano) que pode-se muito bem argumentar que nem cristianismo é em primeiro lugar.
10 people like this
E o Tyson é formado em Harvard, isso mostra que ainda você pode se formar em Harvard e continuar sendo um Ignorante, mas ele melhorou neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=vfIEmJ0Haxc  Steve Smith
Ser formado em Harvard não significa muito, porque a falha é na formação secundarista, que é incapaz de dar às pessoas uma visão de mundo mais ampla e o domínio do raciocínio indutivo e dedutivo. No momento em que se chega à faculdade, mudar já é bem mais difícil. E creio que em Harvard, dada a EXTREMA dificuldade do mundo acadêmico americano médio (quanto mais de Ivy League...), isso seja ainda mais difícil, porque a pessoa acaba vivendo para a sua área específica.
4 people like this
se não existe presidenta porque presidente tem genero neutro, então não deveria existir elefanta, só elefante. Se existe elefanta então o certo deve ser elefanto e presidento.
Ninguém falou que "presidente" é do gênero neutro (?) e sim que faz parte dos substantivos comuns de dois gêneros.
Sem brincadeira, é até discutível a existência de "presidenta". O que está em questão é o quanto seu uso é consagrado e o quanto é papagaiada política(mente correta). Mas essa questão de classificação de substantivos é uma matéria de segunda série, que gere polêmica a existência do gênero gramatical mostra que coisas básicas da língua que utilizamos não estão sendo bem assimiladas.
2 people like this
"Imitação seria ainda pior no caso do rock, música na qual jovens americanos brancos liderados por um imbecil como Elvis Presley, falsificam uma raiz popular negra enfraquecendo sua força original e achatando-a de acordo com gosto médio e mau gosto dos meios de comunicação”. Ariano Suassuna, comente  Steve Smith
"Imitação seria ainda pior no caso do rock, música na qual jovens americanos brancos liderados por um imbecil como Elvis Presley, falsificam uma raiz popular negra enfraquecendo sua força original e achatando-a de acordo com gosto médio e mau gosto dos meios de comunicação”. Ariano Suassuna, comente
5 people like this
Como você explicaria cores a uma pessoa cega?
Esse é o problema clássico dos qualia. É impossível. A experiência de cores é inefável. E é também o obstáculo intransponível do fisicalismo.
4 people like this
Esta esnobação da religião e filosofia feita por Neil de Grasse e outros, na verdade acaba favorecendo o crescimento da pseudo-ciência e misticismos malucos.  Alexandre M F Silva
O mais curioso é que justamente esse discurso é tão velho e batido que ele ser reciclado frequentemente pela indústria cultural (já o foi com Sagan no Cosmos original), apenas mostra como ele interessa a uma certa casta social que tem o controle dessas coisas. Hoje em dia esse tipo de cientificismo não é mais "cutting edge" academicamente, e não o é desde a segunda guerra mundial. A grande novidade espiritual dos últimos tempos foi o "New Age", prova disso é que você não vê muitas celebridades e pessoas famosas e de dinheiro falando na vitória da ciência sobre a ignorância (como era no século XIX), mas conte quantos fazem meditação transcendental, estudam a kabbalah new age, etc, etc, etc.
Da mesma forma há uma saga popularesca de livros que tratam da crítica bíblica, um assunto que já foi superado nos estudos dos últimos 30, 40 anos, mas vc vê livros e mais livros de Bart Ehrmans (que é um pesquisador respeitável na sua área e muitos de seus livros têm até títulos distorcidos) sendo publicados por aí. É claro que há um interesse em divulgar esse tipo de ideia, ainda que seja refutada e datada dentro dos círculos acadêmicos.
Essa galera requenta um tipo de pensamento que vem do século XIX, o que revela uma extrema ignorância do state of the art dos assuntos que tratam. A grande teologia católica dos últimos 40, 50 anos, responde a um outro tipo de dúvidas, de tão atrasadas que essas estão. Neil de Grasse e outros são respondíveis com um curso de introdução à escolástica.
4 people like this
"Não é o único jeito, é melhor ter inspiração do Universo e tem a vantagem de ser objetivamente verificável, você não tira deslumbramento da mesma forma que seus ancestrais, você segue em frente." Neil Tyson, quando foi dito que pessoas religiosas tiram Deslumbramento e sentido da religião, comente.  Steve Smith
Neil Tyson, a Carla Perez de ébano.
2 people like this
Olá Bruno, eu queria te perguntar o que você acha do argumento "Deus, Mentiroso ou Lunático" que foi desenvolvido pelo C.S. Lewis, e é considerado por muitos apologistas cristãos um dos principais argumentos da apologética moderna pra defender a verdadeira Identidade de Cristo?  Steve Smith
É um argumento interessante em um debate contra muçulmanos, que aceitam o status autorizado de Cristo. Se você conseguir provar que Cristo se dizia Deus (e isso é até factível, de um ponto de vista histórico), você consegue colocar uma questão insolúvel para o muslim.
1 person likes this
"Tenho todo este mundo desconhecido lá fora. To seguindo em frente. To deixando você para trás. Você não pode nem atravessar a rua, porque está distraído com o que você tem certeza são questões profundas que você pediu a si mesmo. Eu não tenho tempo para isso." Neil Tyson, sobre filosofia comente.  Steve Smith
É um verdadeiro obscurantista.
Depois falam da "Idade das Trevas".
2 people like this