Gente, que luxo essa clinica rs... Também quero ;) brincadeira!! Essa clinica é publica ou privada? Pergunto isso pq anteriormente vc disse que seu tratamento era publico e vc conhece o nível do nosso SUS né rs... dá até vergonha rs... Beijão!!

Tatiane Penha

Eu nunca fui num hospital público no Brasil, mas conheço muita gente depressiva no Brasil que se fode mesmo com plano de saúde privado.

Amigos que tentam se matar e dois dias depois tem que voltar ao trabalho. Parece que aí não tratam a depressão como uma doença séria que é.

Essa clínica é pública sim e eu continuo recebendo meu salário enquanto estou lá.

Meu marido quando viu as fotos disse que se eu não quiser ir, ele vai no meu lugar.

Olha essa piscina:

Oi Déia! Faz muito tempo que vc toma antidepressivo? Vc sentiu alguma melhora com remédios? E a terapia, vc ainda tá fazendo?

Comecei a tomar há quase dois meses e não li a bula pra não somatizar os efeitos colaterais.

Nas primeiras 2 semanas eu sofri muito com enjôo e tonteira. Nos primeiros dias eu me sentia muito estranha. Fiquei sensível à luz, parecia que minha cabeça estava a mil por hora e meu corpo estava muito cansado e eu não conseguia desligar minha cabeça, era agoniante. Meu marido não sabia que eu estava tomando e me perguntou umas três vezes se eu estava drogada no mesmo dia.

Perdi o apetite, tive queda de cabelo/libido, prisão de ventre, muita dor de cabeça e na maioria das vezes chegava forte como se fosse um marretada e ia embora rápido, sentia mais frio que o normal e então comecei a dormir muito e ter pesadelos.

Quando acabei a primeira caixa de 5mg, minha médica pediu pra eu dobrar a dose, mas eu não percebi que a caixa nova era de 10 mg e acabei tomando 20mg e fiquei bem mal e tive até pensamentos suicidas.

Baixei a dose pra 10 mg de novo e o sintoma que mais persistiu foi a prisão de ventre, cansaço e falta de apetite

Após 5 semanas eu fiquei bem. Nem lembrava mais como era ter energia e não acordar com taquicardia. Finalmente eu estou conseguindo fazer as coisas sem ficar cansada e minha concentração está melhorando aos poucos :)

Eu vou a minha médica que é especialista em doenças psicossomáticas toda semana, além disso eu tb faço terapia comportamental, fiz terapia profunda nos últimos dois meses e terminei semana passada.

Eu queria começar a fazer um coaching pra arranjar um novo trabalho e até marquei uma entrevista pra próxima terça feira, mas minha médica sugeriu que eu fosse pra uma clínica de novo por 5 semanas (eu já fiquei em outra por 8 semanas).

Eu falei que não queria, mas ela insistiu que eu pensasse no caso. Hoje decidi olhar as fotos da clínica e até já tô me vendo lá!

oi, andreia! eu acompanhava seu formspring há anos atrás, qdo ainda era adolescente hehehe. to planejando me mudar pra berlin na pós-graduação, daí lembrei de vc. nao sei se respondesse isso recentemente, mas como é pra imigrante conseguir emprego aí? só falando alemão mesmo ou rola inglês?

Hallo!

Nossa! Já tem tanto tempo assim de Formspring? Geeeezuis!

Começa a procurar apartamento/quarto agora, pois aqui é mais fácil achar um trabalho do que lugar pra morar.

Mesmo se tratando de uma cidade grande, as suas chances de conseguir um emprego aumentarão se vc tiver o básico de alemão. Eu sugiro que faça pelo menos o A1.

Tem comunidadee no Facebook que podem tirar todo tipo de dúvida é esse tema sempre aparece por lá e vc pode ler diferentes opiniões:
Free advice Berlin

Essa comunidade pode ser útil depois da mudança. Nela vc pode doar/procurar e receber doações de tudo que vc pode imaginar:
Free your stuff Berlin

Déia, vc entrou em depressão depois que o Lemmy morreu ?

Eu fui diagnosticada com depressão alguns meses antes da morte dele e depois só piorou.
Tive que falar dele em muitas terapias, mas eu ainda evito fazer isso, pq sempre choro e eu odeiooooo chorar.

Oiii. Faz muito tempo que não entro aqui no ask (acho que mais de um ano), mas como estou planejando ir com meu namorado pra Alemanha esse ano, pensei em você na hora. Tudo bem se eu fizer algumas perguntas sobre o país, algumas dicas, etc?? Pq realmente não conheço quase nada. ;***

Patricia Saramela

Vc já veio???
Descobri sua pergunta só agora, sorry!

O que você gostaria de ouvir agora?

Que meu marido ganhou na loteria.

vc gosta de tapetes felpudos? tem/teria no seu quarto?

Acho bonito na casa dos outros e não na minha acumulando poeira.
Não tenho faxineira e nem vontade de aspirar a casa todos os dias.

Vc esta afastada do trabalho agora, mas com o que vc trabalhava?

Na loja do Hard Rock Cafe.

Te admiro muito, qdo leio sobre sua história e tudo que vc superou/já passou, só consigo te desejar o melhor. Vc merece ser feliz e espero que tudo isso passe logo!

Muito obrigada :)

:*

Hj em dia vc é fluente em alemão? :)

Meu alemão é uma merda mole, mas os nativos acham meu sotaque e erros fofos e nunca me corrigem.

O único que me corrige eh meu marido.

Deia, tu já fez menage/swing? Tem interesse?

Já, mas não tenho interesse.

Tem perfil no @curiouscat.me?

Nop.

Lembro que no orkut tinha uma comunidade que zoava várias groupies e eles postavam várias fotos sua com suas amigas ... Como vc se sentia sendo zoada daquela forma? Como isso te afetou se é q afetou? Eu no seu lugar ficaria mal pq infelizmente dou mta importância p/ os outros ...

Diferente de muitas meninas que sofrem com hate, eu não ficava achando que essas pessoas na realidade eram minhas fans por me stalkearem, tão pouco achava que era por pura inveja.

Eu achava que era uma HIPOCRISIA muito grande, já que a maioria eram pessoas que frequentavam a cena pelo mesmo motivo que eu. E é isso que eu continuo achando até hoje.

Como já disse aqui também, parte dos xingamentos também eram minha culpa, pois eu provocava com fotos, textos com duplo sentido, roupas de gosto duvidoso, indiretas desnecessárias e na maioria das vezes negava o óbvio.

Eu ainda tinha um pensamento bem preconceituoso sobre groupies, por isso negava e ao mesmo tempo fazia questão de mostrar e deixar as pessoas na dúvida.
Acho que era realmente isso que mais irritava as pessoas.

No geral eu fui bem forte com os haters que eu recebia, pq estava me sentindo a última bolacha do biscoito, mas alguns me machucaram sim, principalmente os comentários de cunho racista e econômico.

Me chamavam de negra, negrinha, empregada, macaca, diziam que os músicos ficavam comigo pq queriam algo bizarro e etc.

Depois notei que eu também estava sendo racista, pq não há nada de ruim ou errado em ser negra, pobre ou trabalhar como doméstica.

Até ameaças físicas em shows eu recebi, mas essas eu juro que achava engraçado. Como pessoas podem se descontrolar com uma pessoa que nunca te fez nada, mas conhece as suas bandas favoritas?

Já ouviu/viu Scorpions com Mikkey Dee na bateria? Se sim, gostou?

Já sim, eu gostei, mas não sou uma expert em bateria.

Um jornal alemão elegeu o Mikkey Dee como pior baterista que o Scorpions já teve.

Oi Andreia o que te fez começar a detestar Doc Maghee?

Um livro que comprei escrito pelo primeiro tour manager da banda Bon Jovi.

O livro conta sobre o envolvimento do Doc com o tráfico de drogas ( toneladas), lavagem dinheiro e até suspeita de morte como queima de arquivo, entre outras coisas.

Dessa vida de role com bandas qual é a melhor parte para você? O que faz valer a pena pra você?

Conhecer o lado humano ou não do meus ídolos musicais.

Não pagar mais por shows.

Viajar.

Qual foi a última coisa que você pesquisou na web?

Sobre o anti depressivo que estou tomando e descobri que tive quase todos os efeitos colaterais que poderia ter.

Ainda bem que já passou.

Deia, vc gosta das bandas alemãs, tipo Oomph! e Eisbrecher?

Não gosto não.
Oomph não me toca e Eisbrecher soa como imitação barata do Rammstein nos meus ouvidos e como já disse aqui eu nao sou fan de Rammstein.

Eu gosto de speed/power metal alemão e minha banda favorita é Helloween.

Como uma hardrocker oitentista de carteirinha tb amo Scorpions.

Gosto de outras bandas alemãs de outros estilos que passam do pop, punk, new wave e até trash metal.

Não me lembro de gostar de nenhuma banda alemã que tenha sido criada após os anos 80.

Onde foi isso fo follow/unfollow e com quem?

Desculpa, não posso dizer.

vc costuma usar "desculpas esfarrapadas" nas suas abordagens, Deia? hahah

Uso sim, rola umas mentiras brancas tb.

Vou usar essa técnica do follow e unfollow com um cara que sou afim

Boa Sorte!!! ;)

O certo é expuseram****

Burrei! Obrigada pela correção :)

você acha que vale a pena tentar contato pelo instagram? é um lugar que me sinto mais confortavel pelo fato que eu n atualizo muitoo facebook

Nunca tentei por Instagram.

Essa semana ouvi falar de um macete usado pra chamar atenção do cara. O macete consiste em ficar dando follow e unfollow no cara pra chamar atenção.

Nesse caso específico o cara não curtiu e achou uma menina stalker, mas aposto que ela já conseguiu outros contatos usando a mesma técnica.

Eu pessoalmente iria achar weird, prefiro que me mandem msg com alguma desculpa esfarrapada.

Estou chocada como uma pessoa pode distorcer tanto a realidade... Lembro q vc apoiava tanto essa wannabe e veja só em que situação ridícula ela coloca vc? Não se trata dela falar de algo que ela passou, mas q ela acaba envolvendo muita gente que nada tem a vê com as paranoias dela ... Meu deus

Exatamente! Eu realmente torcia muito por ela, mas fiquei bastante irritada quando ela começou a distorcer coisas que EU falei pra uma amiga dela.

Como ela mesma disse, nos falamos por WhatsApp e ela podia ter me perguntado sobre os fatos antes de se vitimizar e narrar suposições como fossem verdade.

Daí ontem as coisas pioraram quando ela postou duas acusações de roubo sem prova alguma, quando há provas suficientes do contrário. Passou dos limites, está sendo controversa e infantil.

Até agora não entendi pq a tal amiga dela se sentiria vingada pelo fato da outra não tomar banho, enquanto ela acusa a outra por falsa sororidade.

Vc já teve que compartilhar role com alguém que vc não vai com a cara?

Sim, mas eu não me importava muito com isso.
Algumas eu evitava contato visual, outras eu comprimentava diplomaticamente.

Nunca fui de fazer cara feia, pedir que o cara e a escolhesse um lado e tb não me deixava intimidar por provocações.

Sempre fui conhecida por ser metida, me achar melhor que os outros, pois eu nunca fui de fazer a social com quem eu julgava maluca. E maluca é que mais tem nesse meio.

Mas hoje em dia eu reconheço que parte dos meus haters/problemas com fofocas eram tb minha culpa. Eu postava fotos, fatos e jogava indiretas desnecessárias na Internet.

Loading…

Ask @kleinerhupfer:

About Andreia Cantizano:

Born in Rio de Janeiro, raised in Hell, living in Berlin. Free Spirited, 80´s maniac,backstage baby.

Berlin - Germany

http://instagram.com/kleinerhupfer