Existe alguma explicação mais fundamental que nos diga porque o Universo em geral é coerente probabilisticamente? Por exemplo, calculamos a probabilidade de que todas as partículas de um gás ideal se concentrem num canto do recipiente, e é praticamente zero, e de fato não vemos isso acontecer.

Boa noite,
eu diria que a explicação é, que a teoria está, pelo menos, num bom caminho.
É fácil pensar numa teoria que prevê todas as partículas no mesmo canto, mas uma teoria destas não é apoiada pelas observações.
Abraço