Olá. Na última entrada do blogue falades das Nove Virtudes. Gostaria realmente de saber quais são essas noves virtudes para a Irmandade e uma breve explicação, se puidera ser, sobre cada uma. Sou ciente de que pode ser muito, mas gostaria muito de saber mais. Um abraço.

Olá! Achamos que a filosofia e ética da Druidaria baseia-se em três eixos principais: responsabilidade, honra e compromisso. Daí derivam os 9 Compromissos e, como complemento, as 9 Virtudes.
É tudo bastante simples de compreender pois evocam princípios básicos de como uma pessoa deveria se guiar para encontrar o seu próprio caminho assim como a melhor forma de se relacionar com outros/as. Se enumeramos os 9 Compromissos, ou aspectos nos que o indivíduo deve pôr-se "mãos à obra", na sua execução e defesa, temos:

Compromisso com a Natureza – Compromisso com a Humanidade – Compromisso com a Paz – Compromisso com as Raízes – Compromisso com a Liberdade – Compromisso com a Independência – Compromisso com a Espiritualidade – Compromisso com o Conhecimento – Compromisso com a Verdade.

Se os Compromissos é onde um deve se envolver, as Virtudes são as formas ou as ferramentas de "como" fazer isto:

- Honorabilidade: Algo fulcral, claro, pois pouco é mais importante na cultura celta que a honra. A tua palavra é o que vales; o que dizes, o que fazes, é como és visto/a, a tua integridade.

- Justiça: Tentar sempre ser uma pessoa justa e equânime, e actuar em consequência mesmo se isso pudera ir contra dos teus interesses.

- Lealdade: Às ideias, às pessoas. Se tomas partido, cumpre a tua parte até o fim. Não é questão de "seguidismo cego", mas de não trair nada e ninguém por uma circunstância passageira ou interesseira.

- Valentia: Muita vezes é difícil perguntar a pergunta certa, ir ao sítio indicado, fazer o que deve ser feito... O valor, a força, para levar isto tudo a cabo pode ser complicada de encontrar, mas há que lutar contra o medo que turva o nosso pensamento e acção.

- Generosidade: Oferece, dá, partilha sem perguntar, e outros/as farão o mesmo contigo criando uma rede de abundância.

- Hospitalidade: Fundamental na cultura celta, até o ponto de o Deus da Morte (Berobreo) acolher-te na sua casa de braços abertos e sorriso no rosto, pois é também o Deus da Hospitalidade! Trata os teus hóspedes o melhor que poidas e oferece o melhor que tenhas (nada mais galego que isso! ;) ).

- Humildade: Que não falsa humildade. Tens que ser consciente do que és e do que não és. Aproveita o que sabes, o que podes, contribui, mas reconhece os teus limites a admite quando não sabes ou podes.

- Sabedoria: Escuta, estuda, aprende, adquire experiência. Analisa, sente, compara. Nunca é suficiente. A verdadeira sabedoria não chega de repente e sempre é possível fazer melhor as cousas.

- Eloquência: Que há de bom em ser uma grande pessoa se não podes contribuir ao teu Clã? Que egoísmo guardar o saber e não partilhar com os teus? Mas para isso tens que ser quem de articular um discurso, ser didáctico/a, elegante, persuasivo/a se tens razão. Deixarias uma má ideia ou injustiça triunfar porque alguém é capaz de a expressar melhor?

Aguardamos ter podido ajudar.
+info: http://durvate.wordpress.com/druidismo/ :)

View more

About Irmandade Druídica Galaica:

Associação religiosa da tradição druídica galaica | Religious association of the Pan-Galician Druidic tradition

Gallaecia