Ask @FabioPauper:

Existe algum problema em considerar como santo uma pessoa Ortodoxa? Fábio, um católico latino pode mudar de rito? Passar a frequentar e a conviver com uma espiritualidade própria deles (a exemplo do sinal da cruz)?Conhece alguma Igreja católica de rito oriental em Alagoas ou próxima do nosso estado?

L S
- Eu penso que não. Eu mesmo considero os santos ortodoxos como santos. São Seraphim Rose, por exemplo.
- Mudar de rito para um ortodoxo, você diz? Só se for numa igreja católica de rito oriental. Então, não haveria problema.
- Ortodoxizar a Fé Católica não teria problemas, acredito eu, porque é a Fé Católica.
- Eu soube de uma que havia em Pernambuco. Não se ainda estão por lá.

View more

Corpo, mente e espírito - como você entende a relação dialógica entre eles?

DonaMenina
O corpo é a parte física. A mente é o que percebemos como movimentos internos, sejam emoções ou pensamentos. O espírito é a testemunha de tudo isso, aquilo que pode avaliar o que se pensa e o que se sente, não sendo, portanto, nem pensamento nem sentimento. Corpo e mente têm uma relação dialética. Estímulos físicos agem sobre a mente e vice versa. Quanto ao espírito, ou nous, ele é a fonte da consciência e é de onde surgem os atos de vontade, que não se confundem com o desejo. Então ele pode apenas testemunhar, se quiser, ou pode produzir ações psíquicas e/ou físicas. Ele também pode ficar consciente de si mesmo, mas não como torna-se consciente de um pensamento ou de uma sensação. É isso algo mais misterioso.

View more

O que é que se faz com um sentimento de frustração profunda? ...

DonaMenina
Depende. Frustração em relação a quê? Penso que a primeira coisa é certificar-se de se o sentimento em questão tem ou não razão de ser. Tendo-a, é necessário ver se ele se trata de uma região da vida que seja essencial ou acidental. Se for essencial, seja para a vida humana ou seja só para o sujeito, é necessário tentar adquirir os meios de superação da causa daquele sentimento. Isto demandará um esforço e uma série adicional de desconfortos, mas é o que se há de fazer. Se se referir de algo acidental e dispensável, então o que há é basicamente uma questão de ego, de ignorância. Neste caso, é preciso adquirir a perspectiva correta da vida, porque trata-se, aí, de um falso problema. Ainda que possa ser conveniente adquirir os recursos para a superação deste suposto problema, a frustração profunda aí já não terá lugar. Haverá, pelo menos, muito de exagero.

View more

Rs...O cara querer comparar a formação do professor Haddad com a do bolzonaro????? E ainda ver vantagem?? Ué, mas não era esta turma que execrava o Lula por ele não ter formação superior??? Pois é...Depois dizem que petista que é fanático....

Haddad, esse criminoso já julgado e condenado, poste de um mentor mais corrupto e perigoso que celebrou ontem seus 500 dias de xadrez, e seus seguidores, os retahaddados.

View more

Na tua opinião, o que faz uma pessoa mudar?

DonaMenina
Uma das coisas mais eficazes nisso, segundo me parece, é o medo extremo. Maquiavel dizia, por exemplo, que, a fim de conseguir que alguém aja conforme a vontade de outro, este alguém deve temê-lo, e não somente amá-lo. O amor não imprime necessariamente o respeito ou a submissão, enquanto que o temor o faz, pois o instinto de autopreservação entra em cena. Pode faltar a força moral para uma pessoa mudar, mesmo depois de se convencer de que deve, mas esta força chega se houver risco sério e grave de algo. Para que uma pessoa mude por motivos mais nobres é necessário que ela já possua alguma grandeza moral cultivada, o que não é comum. A maior parte das pessoas, mesmo as que consideramos virtuosas, está apenas operando segundo suas tendências naturais.

View more

Next