Ask @JBieberHorny:

Brooke
Top answers

Quem Quer Segunda Temporada Dá Um Like ^^

Por favor *-*

View more

Posta a sinopse de Gangster Love ?

" Frio como gelo. E mais amargo do que uma noite fria de dezembro. É assim que eu te tratei e eu sei que eu, eu às vezes tendo a perder o meu temperamento, e eu passo dos limites. Sim essa é a verdade. Eu sei que fica difícil às vezes mas eu nunca poderia sair do seu lado. Não importa o que eu digo. Porque se eu quisesse ir, eu já teria ido, mas eu realmente preciso de você perto de mim. Para manter minha mente longe do limite. Se eu quisesse deixar eu já teria deixado, mas você é a única que me conhece melhor do que eu me conheço. Todo tempo eu tentei fingir que não importava se eu estava sozinho. No fundo eu sei que se você se fosse até mesmo por um dia, eu não saberia para onde ir. Porque eu estou perdido sem você. Eu fico meio 'escuro'. Deixo isso chegar longe demais. Eu posso ser desagradável, às vezes mas tente ver o meu coração, porque eu preciso de você agora. Então, não me decepcione. Você é a única coisa neste mundo que eu morreria sem "

Justin Bieber para Jessica Baker.

View more

Quem NÃO quer que a dricka pare de escrever CURTA essa resposta, juntas venceremos <3

Ninguém vai curtir :/

View more

DRICKA POSTA UM TRECHO DO PRÓXIMO CAPITULO ? POR FAVOR

Jen: VOCÊ É LOUCO CARA, NA BOA , O QUE VOCÊ SENTE? - ela alisava seus braços enquanto gritava como uma criancinha.
Eu: Cala a boca garota, quem tá ficando louca aqui é você. Olha só essa roupa...
Jen: Só me vesti a caráter.
Eu: Achei que o seu serviço aqui seria de chefe e não de prostituta. - ela esbofetou a minha cara deixando a minha bochecha ardentemente vermelha.
Jen: Nunca mais fale de mim dessa maneira, eu não sou como as suas amiguinhas.
Eu: Não Jen, você é pior que elas, fala serio. - levei minha mão ao local do tapa que ainda ardia.- O que você está fazendo aqui desse jeito?
Jen: A vida é curta demais pra perder tempo com a sua opinião.
Eu: Sim, a vida realmente curta mas o seu vestido...
Jen: Idiota! - ela jogou sua bolsa carteira em cima do sofá.- Qual o seu problema hein garoto?
Eu: Meu problema? É que tem uma maluca andando quase pelada em uma boate de prostituição e ainda assim quer ter moral, fala serio.
Jen: EU NÃO TÔ PELADA CARALHO!
Eu: Se quiser podemos resolver isso gata. - segurei sua cintura a puxando para meu corpo.
Jen: ME SOLTA IMBECIL! - ela me afastou- Quem você pensa que é? Você me beija, depois me diz um monte de merda, faz esse show, fala serio, qual é a sua , me diz por que eu não consigo entender.

View more

posta um trechinho do 15?? por favorrrrr dricka!!

- O que você vai fazer agora? - ela perguntou sem expressão.
- O que? - dei uma leve risada- O que acha que eu vou fazer?
- Eu não sei. - ela não desviava os olhos de mim, mas fala de forma tão seria que parecia estar realmente querendo saber o que eu ia fazer.
- Não sabe? - eu estava entre suas pernas com os dois cotovelos apoiados em sua barriga- Tem certeza Candi? - sorri safado e ela retribuiu com um sorriso inoscente- Eu acho que você sabe exatamente o que vamos fazer agora.
- Não, eu não sei! - disse seria- Me ensina?
- M-mas...
- Eu quero que você me ensine. - ela se ergueu me fazendo esgueirar para o lado- Tira a cueca e me ensina.
- Candice eu achei que você...
- Tira logo! - ordenou começando a puxar a minha cueca.
- Mas Candice! - protestei quando a cueca já estava quase no meu joelho.
- Caramba! - ela arregalou os olhos- Isso é grande pra caralho!

View more

isso td é recalque de sua parte, armãria até parece q n é tu q mandou os asks p elisa, p falar da marina até KKKKKKKKKK n fez sucesso c a kim correu p georgia kkkkk vc é flop mesmo, ainda bem q marina se ligou antes

Talvez seja o contrário, talvez seja a "Elisa" me mandando essa ask agora por exemplo. (não estou falando que foi ela mas). A verdade é que pra você ter noção ela apagou as asks que ela estava falando de mim. Eu estava pelo celular e começaram a falar dela no meu ask, eu SEMPRE em todo momento fui educada porque sinceramente não tinha motivos pra falar nada dela, SEMPRE que ela falou comigo foi sobre minhas fics e aliás até fiquei chocada pelo que ela falou sinceramente. Se vocês quiserem eu mostro toda a conversa que tenho com ela no faceboook, todas as vezes foi ela que falou comigo. Inclusive ela acabou de me pedir desculpas pelas "asks" dela. Segundo, eu tenho quase 800 asks pra responder, tenho umas 4 mil leitoras maravilhosas e recebo carinho de pessoas que reconhecem o meu esforço em fazer uma fanfic boa, pode não ser a melhor e realmente não é, tem tantas fanfics perfeitas no mundo, kkkk tipo eu tenho quase 400 comentários no capitulo de btl pra ler e acha mesm que eu vou perder tempo mandando ask pra MARINA? PRA ELISA? JURA? sendo que eu falei com ela no máximo 4x e no facebook e pq ela falou comigo? Realmente não kkkkkkkkkkk E nossa, não fez sucesso com a Kim? Nossa fanfic chegou a MIL FAVORITOS em menos de VINTE E QUATRO HORAS kkkkkkkkkk ela excluiu por motivos pessoais mais ainda somos e sempre seremos amigas, nos falamos todos os dias. E a Marina eu nem vou falar nada porque ela mesmo sabe que sempre que falam dela aqui eu ignoro e se falam de mim no ask dela como vc diz ela devia fazer o mesmo. Eu sinto muito se você não gosta de mim, se tem algum problema comigo ou qualquer coisa. Mas infelizmente você é sem argumentos, porque eu não sou uma pessoa ruim e as pessoas que eu amo e que me amam sabe disso, a Marina mesmo no dia do meu aniversário me agradeceu por ter aberto os olhos dela sobre algumas coisas que ela estava fazendo que não era certo. Sempre falei tudo que eu pensava dela pra ela e não foi de um jeito maldoso, foi de um jeito de conselho mesmo, pra ela parar pra pensar sobre algumas atitudes dela. E quanto a georgia foi engraçado esse termo correu pra georgia pq na verdade quem falou comigo foi ela na época que fez o prólogo de Spectrum, eu AMEI logo de cara e sempre que posso conversamos sobre a fanfic, eu indiquei Spectrum várias vezes em BTL e divulgo quantas vezes eu quiser, pq é minha fanfic preferida. Agora, se indicar a fanfic dela é "correr atrás dela" como vc diz então sim kkkkkkkk a verdade é que eu to meio foda-se pra essa ask. E rindo muito kkkkkkkkkk eu não tenho tempo pra me preocupar com a opinião de ninguém e nem quero. Até pq cada um pensa do jeito que quiser. Em todo o caso tenho orgulho da georgia e de ser amiga dela, se um dia eu estiver prestes a perdê-la pode ter certeza que ai sim eu vou correr e correr muito pq não sei mais viver sem a amizade dela. desculpa mas TODAS as fanfics da "FLOP" estão na primeira página das mais populares do anime :) #DiaDifícilPrasInimigas

View more

sei que não vai postar btl hoje, mas tipo, posta uma prévia?

– Oi blackberry, aqui é o Justin. Eu tentei te ligar no celular, mas você não atendeu e agora nem mesmo o telefone fixo. O que é que eu ia dizer mesmo? Ah, eu ia dizer que quando falei com você de madrugada eu não estava com nenhuma vadia, era só o barulho do avião. Eu tive uma entrevista em Los Angeles ontem e quando sai de lá decidi que ia te visitar, eu só vou poder ficar até amanhã a noite, mas e daí? Eu estou com saudades. Eu estava pensando, o que acha de irmos assistir um filme? Quem sabe se encher de besteiras em algum Mc Donalds? Aposto que você vai tomar refrigerante e escolher algum doce, depois nós podemos comprar alguns potes de Nutella e ficar dançando suas músicas preferidas. Podemos dormir de conchinha enquanto eu canto baixinho até você cair no sono, sabe de uma coisa, aposto que você não vai ter mais pesadelos. O que você acha disso? Eu e você. Blake e Justin. Justin e Blake. Blackberry você está ai? Sei que estou falando um monte de merda, mas, por favor, pode me atender? Qual é Bels, atenda, atenda, atenda, atenda! Não? Tudo bem, acabei de lembrar que você tem um encontro com o corno. Seu grande encontro com o corno. Tá legal, então... divirta-se! Me liga quando voltar. Eu estou falando sério. Ligue-me assim que colocar os pés no seu apartamento.

View more

posta um trecho??? por favor

- Amor olha... – ela segurou minha mão e colocou na sua barriga que já estava bem grande, só depois que ela tirou a blusa percebi isso, ah, também percebi que seus seios estavam bem maiores, ah meu Deus, isso é uma tentação – Na hora que eu estava vindo pra cá eu senti ele se mexer duas vezes, é só você esperar e ai... – minha mão estava em sua barriga, a mão dela estava sobre a minha, aquela era uma sensação inexplicável, eu sentia tanto amor, tanto amor que eu achava que ia transbordar.
- Então você não vai mais... – ela me interrompeu.
- Não. – sua mão ainda guiava a minha que passeava pela sua barriga branca com as nuvens do céu, então senti o bebê se mexendo, AH MEU DEUS, ele se mexeu – Viu só, é incrível não é? – ela estava sorrindo, sim, ela não conseguia parar de sorrir e aquilo me deixa puto de tanta felicidade.
- Sim, é incrível. – concordei sem encontrar realmente as palavras certas.
- Você acha que é menino ou menina?
- É claro que é um menino! – falei marrento – E vai ser jogador de futebol.
- O que? – ela arregalou os olhos e gargalhou – É claro que não, se ele for menino ele vai ser um agente do FBI que nem o pai dele.
- Você não vai ficar triste se ele prender o seu pai de novo? – não resisti em fazer essa piada – Espero que não saia pulando de penhascos de novo.
- Idiota! – ela bateu no meu ombro – Muito idiota mesmo.
- Eu acho que é menino, ele chuta muito forte, caramba.
- Se for menina vai ser bailarina!
- Ah, se for menina eu vou proteger ela de todos os moleques, quem chegar perto dela vai levar tiro, rasteira, seja lá o que for...
Ela riu.
- Besta!
- Eu acho que esse bebê tem os olhos azuis.
- Eu não acho! – ela discordou – Com certeza os olhos são castanhos.
- Tem que ser mesmo, se não for eu vou exigir DNA!
Nós gargalhamos.
- Ah meu Deus, como você é ridículo!
- E como você é linda! – empurrei ela pra cama e entrelacei nossas mãos uma de cada lado, nossos olhares se encontraram e eu controlava o meu peso sobre ela – Eu senti a sua falta.
- Eu senti a sua falta todos os dias.

View more

posta um trecho do capitulo 15 ?

Ri pelo nariz ao ver que a Jen estava sentada no sofá de braços cruzados e fazendo bico. Era como se ela fosse explodir a qualquer momento. Ela tinha tirado a minha jaqueta e o seu tênis, seu vestido deixava a mostra suas belas pernas. Merda, como ela era gostosa. Eu precisava dela, era tudo que eu precisava naquele momento.

Eu: Vi com medo teimosa? - provoquei entrando na sala.
Jen: Dá pra você vestir roupa? - ela abaixou o olhar para não olhar pra mim.
Eu: Qualé gata eu tô na minha casa.
Jen: E eu não queria estar aqui.
Eu: Tem certeza? Por que os seus olhos não mentem.
Jen: Não viaja tá?
Eu: Antigamente você adorava me ver passeando pela casa de cueca, não lembra?
Jen: Cala a boca.
Eu: Você me quer Jenny.
Jen: Você é muito convencido mesmo. - ela riu debochada balançando suas pernas cruzadas impacientemente.
Eu: Tudo bem, deve ser impressão minha. - caminhei até a Televisão bem ao lado dela e me agachei para ligar o DVD deixando a minha " lua" de frente pra ela. Logo que me virei ela pressionava os lábios com força. Boa Justin, boa.- Tudo bem Jen?
Jen: É-éé claro. - gaguejou.- Por que não estaria?
Eu: Não sei, você parece pálida. - me sentei bem ao seu lado, ainda bem que tinha me banhado de perfume.
Jen: Impressão sua. - ela se afastou.
Eu: Você adorar brigar não é?
Jen: Sabe, hoje você me disse que eu parti o seu coração, não foi?
Eu: É, eu disse.
Jen: Você também partiu o meu.

View more

posta uma prévia de btl? to chorosa

– Você não tá chorando né?
– Não. – respondi sentindo que não ia conseguir mais conter aquela dor.
– Sabia que você é a garota mais forte que eu já conheci? – sussurrou ele no meu ouvido com seu corpo colado as minhas costas – Você é incrível Blake, tudo vai ficar bem.
– Eu não quero perder ela.
– Eu sei. – ele apertou minha mão – E é por isso que nós vamos pedir a Deus pra ela ficar boa logo.
– Eu não vou conseguir. – disse baixinho me deixando levar pelas lágrimas dolorosas – Eu to com medo.
– Tem um cara lá em cima cuidando de você. – ele beijou meu pescoço – E eu sou o cara daqui de baixo que também vai cuidar de você.

View more

última coisa que você escreveu de gangster love? só isso e mais nada <><<

- Jessica!
- Que?
- Eu te amo.

Ela riu.

- Agora vai ficar repetindo isso pra sempre?
- Eu te amo.

Ela riu, de novo.

- Eu também.
- Jessica!

Ela suspirou.

- Diz Bieber!
- Tamo fodido né?
- Muito.
- Mas Jessica...
- Hum? – ela estava rindo de novo.
- Só não esquece que eu te amo. – minha voz falhou, foi sumindo – Eu te amo mais do que você...
- Justin? Justin fala comigo seu moleque!

Eu não ia dizer mais nada.

Nunca mais.

View more

SINOPSE DE LOSE YOURSELF P VCS

Brooke

"Suas mãos estão suadas, joelhos fracos, braços estão pesados, ele está nervoso, mas na sua superfície ele se mostra calmo e preparado para lançar bombas, apesar de doer ele não pode ir com calma. As paredes estão se fechando e alguém caí ao chão, sussurros do amanhã ecoam em sua cabeça, ele abre a boca, mas as palavras não saem. Ele está engasgando, como? Esse é o fim, Jammin, mas eu não posso ir para longe de você. Esse é o limite da paciência, mas você ainda suga minha alma, estou escapando pelo buraco que foi aberto dentro do meu peito, preciso de você, apenas uma última vez."

Trailer: http://www.youtube.com/watch?v=UBZTw4AJJm0

View more

Dricka, posta um trecho do próximo capitulo? por favor ):

- PARA DESGRAMA, QUE CARALHO!
- Ei, ei, não ouviu o que eu disse? Minha cabeça tá doendo! – fiz cara feia.
- Eu odeio você Candi!
- Sério? – gargalhei – Então estamos quites.
- Você vai se arrepender do que está fazendo.
- Eu garanto que não.
- Merda, merda, merda! – ela resmungou – Eu não posso deixar você fazer isso.
- Ah é? E como você pretende me impedir?
- De qualquer jeito que seja possível. – levantei o olhar e percebi que ela estava chorando. Qual é, quando foi que todo mundo ficou tão sentimental? Essa coisa ainda nem nasceu, nem vai nascer, é apenas um mísero feto, e eles se importam tanto – Eu não posso, eu não vou conseguir ver você fazendo essa besteira.
- Por que você se importa tanto? – quis saber – Sério, eu não consigo entender. Você acha que eu não sei que você é louca no Justin até hoje? Então vadia, é a sua chance, vai pegar o seu homem, fica com ele.
- O que adianta eu ficar com o Justin se o coração dele é seu?
- Você...
- Candice você é uma ingrata! Ele passou um mês inteiro nesse hospital, ele mal comia, será que você notou o quanto ele está magro? Será que você percebeu como os olhos dele estão roxos ao redor? Percebeu que ele está com uma cara de sono terrível e que ele está tão sem vida? Eu acho que não por que você está mais preocupada em ferrar com a vida dele do que saber como ele se sentiu culpado quando você se jogou daquela porra de penhasco sem pensar nas consequências. Ele ficou desolado, o mundo tida desabado sobre sua cabeça, quer dizer, você é o mundo, é isso que você é pra ele. Mas você não se importa, parece que você se esqueceu de todas as vezes que ele disse que te amava, que ele te pegou no colo e te colocou pra dormir, te todas as vezes que você sentiu protegida no Paraíso simplesmente por que você estava nos braços dele.
- Eu não quero ouvir isso Emma! – falei deixando algumas lágrimas surgirem, tudo que eu menos queria era me lembrar dos momentos com ele, eu só queria me manter forte, eu não podia voltar atrás.
- Um mês Candi! – ela insistiu – Um mês sem sair na rua, um mês sentada naquela poltrona ali rezando, esperando, pedindo a Deus uma luz, tentando encontrar esperanças, se agarrando as pequenas possibilidades. Eu já perdi as contas de quantas vezes ele discutiu com os médicos que tentavam colocar na cabeça da sua mãe que você não tinha mais solução. Ele não desistiu de você Candi, então me diz, por que você tem que desistir assim tão fácil?
- Você não faz ideia de como eu me senti Emma, você não entende.

View more

coloca um trecho do próximo capítulo? ><

Jen: Pois saiba que eu odeio esse novo você.
Eu: Então você me odeia Jen, você me odeia.
Jen: Eu não entendo por que você mudou tanto.
Eu: E você acha que eu entendi quando você desapareceu da minha casa na noite em que eu te pediria em casamento e voltou dizendo que tinha beijado o meu irmão? Você acha que eu entendi quando você me disse todas aquelas coisas? Eu tenho aquelas palavras guardadas no meu coração até hoje e eu nunca vou esquecer nenhuma delas.
Jen: É da sua vida que estamos falando Justin.
Eu: E eu estou falando dos meus sentimentos Jen. Mas desde quando você se importa com isso não é?

View more

PRÉVIA DO CAP 36 DRICKA PFVRZINHOOOOOOOO EU IMPLOSROOO

Quando o médico finalmente colocou o aparelhinho sobre o gel para que pudêssemos ver o bebê no telão Justin tapou os meus olhos. Aquele imbecil! Tentei tirar as mãos dele dos meus olhos mas era impossível, só conseguia ouvir as risadas que ele dava.
- Justin eu vou te bater, deixa eu ver poxa! – consegui uma lebrechinha de luz mas ele logo tampou de novo, ah seu idiota! – Justin qual é, eu sou a mãe dele!
- Credo! – Justin murmurou assustado – Caramba doutor vai me dizer que ele tem quatro pernas? Amor vamos ter um multante!
- Que diabos você está falando? – agora quem estava assustada era eu.
- Olha só! – ele tirou as mãos dos meus olhos e apontou para a tela – Tá vendo amor, tem duas cabeças e quatro pernas, e olha tem quatro braços também!
- NÃO ACREDITO! – gritei histérica.
- Por que o meu filho é um mutante? – Justin estava confuso, como ele pode ser tão burro? O médico riu sem acreditar que duas pessoas tão idiotas iam ser pais.
- Ele não é um mutante, na verdade vocês vão ter gêmeos!
- O QUE? – Justin gritou e pulou – SOCORRO, NÓS VAMOS TER GÊMEOS?
- Sim! – o médico garantiu – É uma menino e uma menina, são um casal.
- ELES SÃO LINDOS PORRA! – Justin admirava as imagens que passavam na tela, realmente dava pra ver bem melhor dessa vez, e agora eu finalmente entendia por que minha barriga estava tão grande. Eu tentei não surtar, na verdade por mais louco e insano que isso parecesse eu estava tremendamente feliz, por que só de ver aquele idiota rindo loucamente meu coração se enxia de alegria, parecia que nada poderia destruir aquele momento. Era algo mágico e só nosso, eram os nosso filhos, nossos momentos, nossa vida.

View more

Sinopse e Protected in Paradise? Você disse que ia postar hoje poxa u-u

" Na frente das pessoas eu sorria tentando esconder a dor que me corroía por dentro. Mas quando eu estava sozinha e me sentia perdida deixava as lágrimas quentes caírem sobre meus olhos sem cessarem, as minhas mãos tremiam e as minhas pernas não tinham mais forças. Eu sabia que precisava ser forte mas não encontrava uma maneira mais fácil pra suportar tudo isso. Eu só conseguia pensar nele, em seu sorriso e em todos aqueles planos clichês que fizemos, eu só conseguia odiá-lo e ama-lo mais ainda. Eu não fazia ideia de como as coisas seriam mas uma coisa eu tinha certeza, eu precisava dele, precisava daquele mar de mel, precisava daqueles braços que cuidavam tão bem de mim, precisava daquela voz rouca sussurrando perdições em meus ouvidos, a mesma voz que me colocava no lugar certo quando eu agia insanamente, eu precisava de suas mãos tocando meu corpo com a sutileza e o desejo que só ele tem. Justin é o amor da minha vida e quando eu estou com ele eu me sinto completamente Protegida no Paraíso." - Candice Mackenzie

View more

posta só uma prévia? juro que não te amolo mais

– Minha cabeça ta doendo muito. – ele disse manhoso – Posso ficar no seu colo?

Abri um sorriso entorpecido pelo choro e com muito cuidado levantei sua cabeça e apoiei nas minhas pernas, ninguém ao nosso redor protestou, eles simplesmente se sentiam comovidos com a cena.

– Sua voz me acalma. – ele disse parecendo não se importar com o barulho das sirenes, helicópteros e se concentrando apenas em me olhar como se ele nunca mais fosse ter a chance de fazer isso.
– Você consegue ouvir? – sussurrei baixinho, com a voz nasalada – Estão tocando a nossa música.

Ele sorriu enquanto eu chorava, concordando com o que eu havia dito, então também chorou, ali nos meus braços, eu sabia que ele não conseguia mais suportar a dor alastrada em seu corpo, eu sabia que todos os seus ossos pareciam estar se partindo em pedacinhos e que se ele estava sendo forte é por que sabia que eu não poderia de maneira alguma viver em um mundo em que seus olhos não existissem para me fazer sentir realmente viva.

– A dor foi embora amor. – murmurou ele enquanto a canção entrava pelos seus ouvidos, sendo sugada pela escuridão, aquilo era um péssimo sinal, já ouvi tantas vezes que quando o trauma é grave demais o corpo desliga a dor.

Eu sentia como se a vida dele estivesse correndo como a areia de um relógio.

Fechou os olhos e não abriu mais.

View more

poooooooooosta o 32, Jesus to parindo o filho da blake scrr jvdhgcgvdtxdjfbfjfggfjftcgh

– Você acha que só por que você me ajudou eu sou obrigada a fazer tudo o que você quer? Amor não se implora Justin!

Soltei a respiração tentando me controlar.

– É por isso mesmo que eu estou educadamente pedindo pra você ir embora.
– E se eu não quiser ir? – ela segurou meu queixo nivelando nossos olhares, pequenas lágrimas se formavam no canto dos meus olhos que também queimavam de raiva – E se eu quiser ficar aqui com você?
– Eu não quero que você fique – disse lentamente com a voz embargada, sentindo que mal conseguia ficar de pé.
– Eu não te perguntei se você quer ou não – ela me analisou por alguns segundos antes de continuar falando – Você é um imbecil sabia? Você sempre me ouve, por que você resolveu gritar comigo agora?
– Por quê? – fixei meus olhos no dela – Por que eu te amo demais pra suportar você falando sobre seus encontros com outros caras.
– Você me ama?
– Eu acho que sim – cai sentado na cama outra vez.
– Você acha?
– Eu acho – respondi – Não dá pra saber essas coisas.
– Justin! – novamente ela me obrigou a olhar no fundo de seus olhos grandes e castanhos que também estavam marejados – Ei!
– Que foi?
– Eu também acho.
– Também acha o que?
– Que... – ela tremeu a voz – Que eu te amo Justin!

View more

PREVIA? TE IMPLORRRRRRRRO DRI

E foi nesse exato momento que a pior coisa a minha vida aconteceu.
Eu digo, pior coisa mesmo.
Nada comparado a pular de um penhasco e sentir uma angustia por não conseguir mais respirar e simplesmente não encontrar ar nenhum. Só água.
Nada comparado há ter dezessete anos e descobrir que esta grávida de gêmeos.
Nada comparado a descobrir que o cara por quem você é perdidamente apaixonada na verdade foi contratado pelo seu pai para ser o seu segurança.
Nada que possa ser comparado a descobrir que o seu namorado na verdade é um Agente do FBI com a missão de prender o seu pai.
O que aconteceu naquele exato momento não pode ser comparado a nada.
Por que nada poderia descrever o que eu senti.
Math puxou o gatilho e sem pensar duas vezes disparou na minha direção, diretamente na minha barriga. Fechei os olhos com força. Eu não estava preparada para sentir a minha barriga explodir, eu não estava preparada para ver a morte se aproximando de mim.
Três disparos.
E depois, depois um silêncio inexplicável.
Como se o mundo tivesse parado.
O tempo.
O que aconteceu?

View more

Qual o nome da sua nova fanfic?

É OFICIAL, vai se chamar Protected in Paradise :) tá quase pronta já.

View more

Poe um treixinho do proximo capítulo ? pleaaaase Dricka *o*

Mell

Seus lábios em formato de coração me desejavam com malicia, sua franja desengonçada caia sobre seus lindos olhos cor de mel, ele sorriu pelo canto da boca e se aproximou de mim. Eu estava sentada na grama de um lugar que parecia não ter fim. Repleto de árvores e cavalos com montarias incrivelmente bem desenhados.

_ Você fica linda de azul. - Jason exclamou a minha frente, a arma em sua cintura reluzia no sol que fazia a minha pele queimar.
_ Obrigada. - agradeci com um largo sorriso.

Logo ele se sentou ao meu lado e me puxou para seu peito despertando nos meus lábios novos sorrisos, naquele momento era como se eu não pudesse ser mais feliz do que já estava. Me aconcheguei em seu tórax entrelaçando nossas mãos. Ele sorriu indelicado, nunca gostou muito de romance. Beijou minha testa e quando encarei seus olhos novamente eles estavam tomados pelas lágrimas que escorriam descuidadosamente por sua face.

_ O que aconteceu? - meu sorriso se transformou em desespero.
_ Nada. - sussurrou afagando meus cabelos- Eu te amo pequena.

Jus: ACORDA, ACORDA! - ele me sacudia da forma mais indelicada possível.

View more

posta uma prévia de btl pelo menos?

eu não tenho o capítulo inteiro salvo aqui no celular, mas...

– Pode ir trocar de roupa por favor?
– Eu vou comer – disse puxando o prato pra perto de mim.
– Não caramba, você vai vestir outra roupa primeiro.
– Mas eu estou com fome.
– Acontece que eu não te perguntei nada.
– Por que você está tão grosso?
– Por que você saiu ontem a noite e ficou se esfregando em um cara que você nem conhece? Por que você beijou um corno na minha frente sem ao menos pensar em como eu iria me sentir? Por que você agiu insanamente, ligou pra um amigo meu, mentiu dizendo que eu tinha o chamado pra sair com você e mais um monte de merda? Por que não fui eu que fui maconha na frente de um monte de câmeras. Eu briguei com aquele idiota por sua culpa e agora está todo mundo comentando sobre isso!
– Você já é lindo, mas agora zangado e de cueca eu nunca tinha visto.
– E você ainda faz graça?

View more

qual foi a última coisa q vc escreveu de gangster love? o justin não pode morrer, nao faz isso

– Então Bieber, agora que você conseguiu o lugar do Trevor, como vai ser daqui pra frente? – ele estava dirigindo pelas ruas agitadas de Manhattan – Quer dizer, você finalmente conseguiu o que queria. Não é fantástico?
– Sim, eu consegui o que eu queria. – ele olhou pra mim e sorriu – Você.

View more

pq vc n explica logo pq vai parar de escrever? eu acho q de um jeito ou de outro vc vai ter q flr msm, pq eh chato parar de fzr uma coisa que agrada as pessoas e elas nao sabem pq vc parou

olha são vários motivos. Mas tudo bem, vamos lá. Primeiramente eu não ia postar "Revenge Game", eu estava pensando em literalmente parar de escrever, só resolvi postar mas essa fic por dois motivos, primeiro por que eu não vou precisar me dedicar muito a ela já que ela está escrita até pela metade já, segundo por que vocês me pediram MT MT MT, eu não falei em nenhuma rede social além do ask que eu ia parar de escrever e meo todo mundo começou a falar disso e virou uma coisa grande, não sei se deveria ter dito isso daquela vez, deveria simplesmente ter parado, é e acho. Mas em fim, os motivos são esses, eu não tenho tempo pra escrever como antes, por exemplo, antes eu só ia pra escola e voltava, não tinha muita tarefa, não tinha dezenas de provas quase toda semana, não tinha acadêmia, não tinha cursos, não tinha uma vida social e etc. Agora tudo tá diferente, no começo do ano eu tentei ignorar isso, ignorar que eu não tinha mais tanto tempo como antes, sabe o que aconteceu? eu fiquei de recuperação em QUATRO matérias ( Química, Física I, Matemática II e Gramática ) mano, eu NUNCA na minha vida tinha ficado de recuperação, isso foi um choque pra mim. E só pra terminar ainda comecei a escrever btl, por que eu sempre quis escrever uma fic em que ele é famoso então, acho me encontrei naquela fic, mas em fim, agora voltei a estudar mais e consegui recuperar as minhas notas, porém não posso me deixar levar, nessas férias vou tentar escrever o máximo que puder, apesar de que eu vou ter que fazer um monte de coisa por causa do meu intercâmbio que é praticamente o motivo principal de eu parar de escrever, sabe eu não sei se vou poder entrar com a mesma frequência quando estiver nos estados unidos, não faço a mínima ideia de como vai ser. Existem tantas respostas pra essa pergunta, mas a única coisa que eu preciso dizer é que se eu ainda estou aqui escrevendo, é tudo por vocês e pra vocês. Eu amo todas as minhas leitoras, vocês me completam de alguma maneira.

View more

VOCÊ NUNCA, NUNCA VAI CONHECER O JUSTIN !

As pessoas falam sem pensar, machucam sem perceber.

View more

Loading…