Ask @collimariah:

Você julga se uma pessoa é boa/legal ou safada/mau caráter pela cara dela? Isso é intuitivo ou você observa sinais específicos? Você já julgou uma pessoa de um jeito, e após conhecê-la a sua opinião mudou? Como foi?

Pedro
Nunca tive o hábito. E acredito que se achar “expert” sobre qualquer pessoa é uma das maneiras mais eficazes de se atrapalhar o processo de realmente conhecê-la.

View more

Os olhos, eles nunca mentem?

É claro que mentem.
A percepção humana se engana, é iludida, manipulada - tanto por elementos externos, quanto por internos; pelos sentimentos, pelos desejos, pelas projeções. Assim como é falha, muitas vezes, nossa capacidade de transmitir uma mensagem.
Mesmo que nossas habilidades de comunicação sejam melhor desenvolvidas, elas ainda não superaram o pensamento que não pode ser articulado. Quando existe uma compatibilidade entre as sensibilidades, a probabilidade de desencontro é menor. Ainda assim... Boa parte das vezes, apenas vemos o que desejamos enxergar.
No mais, as relações precisam de estímulos concretos a fim de que se estabeleça uma segurança. E não há coisa menos abstrata do que simplesmente colocar em palavras. Por isso, eu vivo insistindo:
Está com dúvida sobre os sentimentos de alguém por você? PERGUNTE.
Não tem certeza se a outra pessoa está ciente do que você sente? DIGA.
E LEVE A SÉRIO, não importa a resposta obtida.
Quem dá “sinal” é radar!

View more

Recomendações de presentes de aniversário para a minha namorada de 25 anos

Eu recomendo que você peça a opinião de pessoas que conhecem a sua namorada. Ou que simplesmente a observe, que perceba o que ela gosta e/ou se está precisando de algo no momento. Mais seguro do que seguir palpite de gente aleatória na Internet.

View more

Fique tranquila, não é uma confissão. Eu gosto de estudar esses tipos de doenças mentais. Apenas de repente me vieram à mente as perguntas que te fiz: como um psicólogo se comportaria caso se deparasse com essa situação. E aproveitando que vc é uma psicóloga, resolvi te fazer essa pergunta. Obrigado

O ponto é que há casos, a maioria deles, que fogem das habilidades de um psicólogo. A pessoa tem de ir direto a um psiquiatra mesmo. Assumidamente uma criminosa, ela não seria ajudada por livre e espontânea vontade. Ou é internação, ou é cadeia.

View more

+1 answer in: “Se alguém te confessasse que é pedófilo, o que você faria?”

Se alguém te confessasse que é pedófilo, o que você faria?

Que pergunta idiota. Não é óbvio?
Denunciaria à polícia na mesma hora. É o que qualquer pessoa deveria fazer, e pode.
Não suficiente, dependendo da gravidade da doença, eu defendo a castração química.
Reforço: pedofilia é uma DOENÇA, e sem cura. Existe o controle através de tratamento medicamentoso, em paralelo ao acompanhamento com um psiquiatra, mas nem sempre é suficiente. Nada garante que seja. Nenhuma criança, nem nenhuma família, merece ser exposta a este risco.

View more

+1 answer Read more

Quais flores você gosta pelo perfume? E quais pela aparência?

O perfume da dama-da-noite toma conta da casa inteira, se deixar, e é belíssima. A flor da jabuticaba também tem um cheiro incrível, apesar de não entrar na mesma categoria. Essa última solta uma espécie de pó, que fica espalhado pelo chão feito neve. Acho lindo. E ambos perfumes são equilibrados, deliciosos.
Pela beleza, a minha favorita é a orquídea cattleya.
(📸 Um botão de dama. Geralmente, florescem vários de uma vez. Difícil é fotografar à noite; não faz jus nem de longe.)

View more

a pessoa namora e nao consegue terminar pq a atual ta passando por um momento difícil, mas ta apaixonado por vc e é recíproco. há algo a se fazer além de esperar?

Pela experiência que tenho e levando em conta tudo que já observei por aí, TALVEZ seja mais fácil para ela justificar a falta de atitude transferindo a culpa para o que a outra pessoa está passando - quando poderia, simplesmente, admitir que não está pronta, ou que não tem certeza sobre o que quer no momento. O problema é que, fazendo isso, iria correr o risco de abrir mão de um envolvimento com você, e ela já está com um sob uma situação delicada. É natural que se sinta paralisada; nessa equação, ninguém quer sair perdendo.
Por outro lado, mesmo que exista consideração, carinho ou preocupação, esses sentimentos, sozinhos, não costumam segurar um relacionamento. Quando a convivência a dois se desgasta, independente do motivo, é comum que uma parte, ou ambas partes, procure “alívio” do lado de fora. É natural, também, que haja confusão acerca as próprias emoções.
Acredito que nunca pensou na possibilidade, mas SE o relacionamento atual melhorar, certamente não haverá mais espaço para você na vida dela. Visto tudo, eu te devolvo a pergunta com uma leve correção:
Você acha que VALE o seu tempo?
Faça uma reflexão sobre o que tem maior chance de acontecer, e se posicione. Saiba separar a relação deles dois da de você com ela. O que te sobra?
No mais, ninguém tem o direito de manter o outro “na geladeira”. Não é amor, nem paixão, mas medo de terminar só. Se você não se importa em ser tratado(a) de tal forma, ok, mas as circunstâncias irão seguir pelo caminho que você permitir que sigam.

View more

Qual a situação mais surreal que já passou na sua vida?

Krisllainy
O luto profundo, causado pela perda de alguém muito próximo, sempre há de parecer um tanto surreal, pelo menos de início. Eu, particularmente, tive a impressão de estar vivendo num “universo paralelo” por longos meses, como se tudo não passasse de um sonho desagradável e confuso. Tanto estava no modo automático, que me lembro bem de pouquíssimas coisas que me aconteceram. Pior do que a dor ou a saudade, só a sensação de total vazio.
Leva um período considerável, completamente individual, para que mente e corpo entendam que certas experiências simplesmente deixarão de ocorrer. Diante mudanças bruscas assim, é preciso se permitir uma adaptação completa à nova realidade, ou outras esferas da vida também acabarão saindo do controle.

View more

Você concorda que as coisas boas acontecem para aqueles que sabem esperar?

Coisas boas acontecem àqueles que assumem o controle e CORREM ATRÁS.
Está aí um ótimo “ritual” de Ano Novo: analisar hábitos e reavaliar prioridades, admitindo a responsabilidade sobre o que acontece com a própria vida. rs...

View more

COMO SUPERAR O MEDO DO FRACASSO?

TRIBO DOS GÓTICOS
Tentando e - adivinhe só - fracassando! Não existe um caminho mais fácil ou mais curto.
É fracassar duas, dez, duzentas vezes... Até que se aprenda de fato o que deve ser feito, o que deve ser melhorado ou eliminado no processo, em si mesmo.
Muitas vezes, o objeto de conquista nem é tão relevante quanto idealizamos. O desenvolvimento pessoal que ganhamos no caminho, por outro lado...
Não há conquista que se equipare à dignidade.

View more

Next