Um motivo para se orgulhar.

BLINK
⠀⠀De quem eu sou! Apesar de todos os meus erros e defeitos, já ter passado por tantas coisas ruins em minha vida... Eu não apodreci! Mas procurei me humanizar e evoluir como pessoa, pois o que me fazia mal não estava no externo, mas no interno e no que eu permitia me afetar. Usei todo o mal/mau que me fizeram e eu senti na pele, em combustível para fazer o bem e ajudar ao próximo, embora a raça que mais me assusta seja o ser humano e nos últimos tempos é o que vem mais me assustando, principalmente aqueles que escolhem a área da saúde mental como futura carreira profissional mas usa disso mais para julgar, criticar, achar que tem todo o poder nas mãos e todas as respostas; que são os donos da verdade absoluta ou para encontrar doenças na família, nos vizinhos, nos amigos (menos em si mesmos), do que realmente querer ajudar as pessoas, ter humanismo e amor pela área que escolheu. Lidar com pessoas é difícil. Tocar em vidas alheias e na mente das pessoas é preciso cuidado. Um conselho que eu deixaria aqui para quem escolhe essa área, que tanto amo também, é: se humanize antes de lidar com vidas alheias! Se humanize!
⠀⠀Mas, apesar de tudo, sei que existe uma minoria de pessoas que ainda valem à pena conhecer e sou grata por conhecê-las. Só que hoje tomo mais cuidado.