A Academia mata os gênios? Ou ela apenas os adestra conforme um método?

Judá Ben-Hur
Depende. Os que, realmente, têm uma forte personalidade e não se preocupam com o sucesso e a glória e sim com o bem do mundo, advindo de sua genialidade, não se dobram às convenções acadêmicas e prosseguem em seu afã de promover o conhecimento e o progresso, arrostando todos os impedimentos. Mas os mais fracos, realmente, podem ser sufocados pela inércia, pela inveja, pela mesquinharia, pelo despeito de quem não seja genial.

View more